Portal da Cidade Lucas do Rio Verde

Denúncias

Prefeitura recebe mais de 400 denúncias sobre sorteio de casas do Vida Nova II

Como forma de transparência ao processo, a Prefeitura de Lucas do Rio Verde divulgou os números referentes aos apontamentos de irregularidades

Postado em 25/09/2021 às 07:46 |

(Foto: Ascom Prefeitura)

Termina na próxima quinta-feira, dia 30 de setembro, o prazo para a formalização das denúncias relacionadas ao sorteio do Residencial Vida Nova II. Nesta sexta-feira (24), como forma de transparência ao processo, a Prefeitura de Lucas do Rio Verde divulgou os números referentes aos apontamentos de irregularidades feitos pela população.

Somente no portal da Habitação, desde o início do mês, foram efetuadas 253 denúncias. Já a Ouvidoria Municipal teve 150 registros. São contabilizados os apontamentos feitos pelo aplicativo Lucas Cidadão, e-mail e número da Ouvidoria.

Se somados os registros dos dois canais, já são 403 denúncias realizadas pela população. O número não representa a quantidade de pessoas denunciadas, uma vez que um mesmo indivíduo pode ter sido denunciado mais de uma vez.

Utilizando uma plataforma eletrônica que reúne dados e documentos de 244 cartórios de Mato Grosso, a Procuradoria Municipal identificou mais de 70 indícios de irregularidades das pessoas sorteadas. O sistema busca informações sobre matrícula e registro de imóveis, certidões, procurações, entre outros.

Os casos que apresentam inconformidades aos critérios do programa Minha Casa Minha Vida são encaminhados ao Conselho Municipal de Habitação, que avalia as certidões e documentos apresentados que dão crédito às denúncias. A partir da avaliação, o cadastro pode ou não ser excluído do processo.

As denúncias podem ser feitas até o dia 30 de setembro através do Portal da Habitação, na Ouvidoria pelo telefone 0800 646 4004 (ligação gratuita) ou pelo e-mail: ouvidoria@lucasdorioverde.mt.gov.br ou ainda pelo aplicativo Lucas Cidadão diretamente no celular.

Fonte:

Receba as notícias de Lucas do Rio Verde no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Outras notícias