Portal da Cidade Lucas do Rio Verde

CONHECIMENTO

Biblioteca Monteiro Lobato de Lucas do Rio Verde atrai público variado

Após reinauguração, espaço conta com ambiente climatizado, obras selecionadas e diversificadas, pontos de acesso a internet e locais adequados para estudo.

Postado em 17/10/2018 às 21:06 |

Biblioteca Monteiro Lobato atrai pessoas de todas as idades com boa estrutura, espaço amplo e ambiente agradável (Foto: Portal da Cidade)

Há quem acredite que, após o surgimento da chamada “era da informação”, onde o mundo cabe dentro de um Smartphone, as bibliotecas públicas se tornaram meros museus de livros velhos. Porém, uma rápida visita à biblioteca pública Monteiro Lobato de Lucas do Rio Verde, esta impressão cai por terra e deixa o visitante impressionado com a qualidade e variedade do acervo bibliográfico à  disposição, com o ambiente climatizado e aconchegante, com o atendimento oferecido e com a variedade de meios com que um assunto pode ser pesquisado.

Após um mês e meio de funcionamento depois de sua reinauguração, a biblioteca conta com cadastro de usuários computadorizado, 5 mil livros no acervo, espaço amplo e climatizado, três computadores com acesso livre à internet e 'gibiteca'. Já são 95 usuários no sistema e o número cresce a cada dia, segundo informa a assessoria adjunta da Secretaria de Cultura, órgão ao qual a instituição é subordinada.

Uma das responsáveis por sua administração é a professora Simone Maria da Silva, que levou a reportagem do Portal da Cidade para conhecer o local.

“Havia aqui 10 mil volumes, mas graças ao trabalho realizado por uma equipe técnica da Secretaria de Cultura do estado, que veio até Lucas do Rio Verde através de um convite nosso, fez uma triagem bastante rigorosa e retirou do acervo todos os livros impróprios  para a utilização. Alguns tinham fungos e ácaros, outros estavam depredados  e havia ainda os que se encontravam desatualizados e não serviam mais como referência para pesquisas. Os 5 mil que restaram foram limpos e restaurados e hoje atendem nossa população”, conta  a professora.

Gente de todas as idades
Simone ainda relata que o público tem faixa etária bastante variada.

“Vem para cá gente de todas as idades, desde as crianças que fazem parte de nossas oficinas culturais aqui ao lado até idosos com mais de 80 anos. Os interesses de quem nos procura são também muito variados, pois alguns vêm apenas para ler, outros para pesquisar assuntos abordados na escola e há também os que aproveitam o ambiente silencioso e climatizado para estudar para provas e concursos públicos”, diz.

Gosto de vir aqui
Uma das frequentadoras da biblioteca pública Monteiro Lobato é a pequena Letícia Gasparetto, de 11 anos. Ela contou à nossa reportagem que usa a biblioteca tanto para literatura recreativa quanto para aprender.

“Eu gosto daqui porque é um bom lugar para estudar, os computadores ajudam na hora de pesquisar algum tema que os professores pedem na escola, as atendentes nos tratam com atenção e nos ajudam a procurar por aquilo que não encontramos, é silencioso e isso ajuda na concentração. Eu gosto muito de ler e aqui é o lugar mais adequado para isso”, afirma a jovem estudante.

Cadastro e doações
Para quem desejar cadastrar-se na biblioteca precisa levar seu número de carteira de identidade, CPF e um endereço de correio eletrônico válido. A partir daí o usuário já pode pegar obras emprestadas.

Além disso a biblioteca também aceita doações de livros, desde que seguidos alguns critérios: o volume precisa estar em boas condições, sem nenhum tipo de avaria grave como falta de páginas, texto rasurado ou marcas de bolor, pois ao entrar em contato com outros livros, o acervo pode ser comprometido.

Fonte:

Deixe seu comentário