Portal da Cidade Lucas do Rio Verde

Mato Grosso

Donos de postos de combustíveis poderão ser punidos por cobranças abusivas

O Procon de Mato Grosso está intensificando as fiscalizações.

Postado em 31/01/2020 às 06:50 |

Durante o debate, o governo disse não ter sido responsável pelo aumento de preços. (Foto: Reprodução: Governo do Estado-MT)

Durante o debate realizado nesta quinta-feira (30), o Governo de Mato Grosso mostrou, através de números reais, que não foram os ajustes feitos na lei de incentivos ficais que provocaram aumentos exorbitantes nos preços de diversos produtos, especialmente do etanol.

Postos e distribuidoras terão que apresentar justificativas comprovadas da alta no preço do etanol, já que em alguns estabelecimentos, o preço do combustível subiu até 20%.

Para o coordenador do Procon de Lucas do Rio Verde, Eldemar Rader, "os consumidores que se sentirem lesados por preços abusivos, devem comparecer junto ao órgão de defesa, com a nota fiscal da compra, que é o comprovante necessário para abrir a notificação".

Segundo informações divulgadas pela Secretaria de Comunicação Social do Governo do Estado, "a gestão tem adotado várias medidas para incentivar o desenvolvimento econômico e a lei que reduziu os privilégios fiscais, mas que algumas pessoas estão se aproveitando do momento".


Fonte:

Deixe seu comentário