Portal da Cidade Lucas do Rio Verde

ÚNICO

Frigorífico de Lucas do Rio Verde exportará frangos e suínos para a China

Das 25 unidades que receberam o aval fitossanitário do governo chinês, BRF de Lucas do Rio Verde é a única com aval para exportar suínos.

Postado em 10/09/2019 às 16:56 |

Frigorífico de Lucas do Rio Verde exportará carne suína para a China (Foto: Reprodução)

Reforçando o potencial econômico de Lucas do Rio Verde, a notícia de que a China habilitou novos estabelecimentos para importação de carnes teve repercussão positiva no município. Nomeada de Capital da Agroindústria de Mato Grosso, a cidade luverdense conta com um frigorífico habilitado, que poderá exportar frango e suíno.

O único!
Dos 25 frigoríficos brasileiros recém habilitados, o de Lucas do Rio Verde (BRF S.A.) é o único autorizado a exportar suínos ao país asiático. Além da carne suína, a unidade também está habilitada a exportar aves.

De acordo com o Ministério da Agricultura, o Brasil passa a ter 89 plantas autorizadas a vender para a China, sendo nesta última habilitação 17 frigoríficos de bovinos, 6 de frango, 1 de suínos e 1 de asininos (mulas e burros).

Os reflexos no mercado brasileiro devem ser sentidos conforme a capacidade da indústria em conseguir matéria-prima. Com a novidade, a planta da BRF de Lucas do Rio Verde poderá até ampliar a produção diária, com a expectativa de geração de novos empregos e ainda movimentando a economia no município de forma direta e indireta.

Atualmente, a indústria local abate 300 mil aves e 5 mil suínos ao dia.

Geração de empregos

“Recebo esta notícia com muita alegria, pois o crescimento das empresas no município reflete diretamente na geração de emprego, na abertura de novas empresas e a fomentar o desenvolvimento econômico de toda a região. Com o suporte do nosso deputado Neri Geller, buscamos em Brasília, junto ao Ministério da Agricultura, ações como esta, a fim de valorizar a nossa região e fortalecer a economia do município” - destacou o prefeito Luiz Binotti.

Com as novas habilitações, o Mato Grosso passa de 1 para 7 plantas que poderão exportar carne ao mercado chinês. Atualmente, os chineses são os principais compradores de carnes do Brasil. Junto com Hong Kong, o país importa 40% do total exportado pelos frigoríficos brasileiros. Hoje, as vendas de carnes para a China oriundas do Brasil são estimadas em cerca de US$ 2,5 bilhões por ano.

Fonte:

Deixe seu comentário