Portal da Cidade Lucas do Rio Verde

FUTURO

SECITEC de Lucas do Rio Verde pede socorro

Instituição, que poderia atender até 800 alunos e qualificar alunos para a economia regional, hoje conta com apenas 4 professores.

Postado em 13/11/2019 às 13:50 |

Atualmente, SECITEC de Lucas do Rio Verde atende a 10 municípios da região, mas conta com apenas 4 professores e orçamento cada vez menor (Foto: José Boas/Portal da Cidade)

Em discurso da tribuna do Plenário da Câmara de Vereadores na última segunda-feira (11), o vereador Airton Callai (PRB) destacou o estado de abandono que a SECITEC de Lucas do Rio Verde se encontra. De acordo com o parlamentar, mesmo atendendo a mais 10 municípios da região com educação profissionalizante, a unidade foi esquecida pelos últimos 2 governadores e, agora, agoniza, precisando de ajuda para não fechar as portas de uma vez.

O Portal da Cidade foi até a escola para verificar quais é a realidade vivida por professores e colaboradores da unidade e nossa equipe de jornalismo foi recebida pelo diretor, Professor José Mainardi. Ele conta que “há uma enorme carência de tudo, desde professores para atender a demanda até serviços básicos de manutenção e limpeza. Trabalho há 12 anos como educador na SECITEC e posso assegurar que nunca vivemos um momento tão difícil quanto o atual, com falta de professores e deixando de atender a uma demanda que só cresce ano a ano. Aliás, somente temos como atender nossas atuais turmas porque a Prefeitura e algumas empresas da região compraram a nossa briga e nos ajudam com o que podem”.

Descaso

O diretor disse que as coisas começaram a ficar difíceis há 8 anos, quanto o então governador do estado passou a implementar mudanças no modelo de gestão do sistema SECITEC, tirando dele a categoria de autarquia e transferindo-o para a Secretaria de Ciência e Tecnologia. “A partir de então, com a redução paulatina dos recursos investidos e o desalojamento de onde estávamos [...] as coisas começaram a ficar bastante complicadas. Depois vieram os cortes mais severos e começamos a perder pessoal, até chegarmos nesta situação”.

Futuro

Apesar da situação, o Professor Mainardi diz que existem pessoas que estão sensibilizadas com o assunto dentro do Palácio Paiaguás e que algumas medidas vêm sendo estudadas para reverter a situação a partir do começo do ano que vem. Para ele, o serviço prestado pelo SECITEC na região de Lucas do Rio Verde tem papel fundamental para assegurar o desenvolvimento econômico destes municípios.

“Atendemos com nossos cursos 10 municípios da região, além de Lucas do Rio Verde. A partir daqui, formamos técnicos para diversos setores da economia, desde a agropecuária até a mais fina tecnologia da engenharia mecatrônica, com diversos destaques de alunos que saíram daqui e hoje são exemplo em suas áreas de atuação. A economia do Vale do Teles Pires tem se diversificado muito nos últimos anos e a atuação do SECITEC dentro deste contexto vai muito mais além do que uma instituição de ensino... poderíamos, com nosso potencial, fornecer mão de obra qualificada a todas as indústrias que existem e aquelas que planejam se instalar aqui [...] somos a solução para um gargalo econômico que afeta todo o país”.


Fonte:

Deixe seu comentário