Portal da Cidade Lucas do Rio Verde

PROBLEMA SOCIAL

Meninas brasileiras estão se casando cada vez mais cedo

Por ano, mais de 7 milhões de meninas se casam de forma precoce no mundo

Postado em 29/06/2019 às 16:34 |

Brasil é o quarto país do mundo em número de casamentos de moças com menos de 18 anos. Pobreza é fator relevante (Foto: Reprodução)

Casar antes dos 18 anos é considerado um casamento infantil, seja ele formal ou informal. O Brasil ocupa a quarta posição no ranking mundial de casamentos precoces, totalizando 2,9 milhões de uniões. O Maranhão é o segundo estado do país onde ocorrem mais casamentos envolvendo adolescentes, o Pará ocupa a primeira posição.

Segundo o sociólogo Sonir Boaskevicz, é uma realidade complexa que tem diversas variáveis, mas suas raízes estão, quase que sempre, relacionadas à pobreza e à cultura de determinada região ou povo.

"No interior da África ou do Oriente Médio, por exemplo, meninas são comercializadas por seus pais para que se casem ainda antes da puberdade. Comunidades muçulmandas destas regiões tratam como natural este tipo de casamento. No caso do Brasil a pobreza também é a principal razão destas uniões, e isso cria consequências desastrosas para a vida destas meninas no futuro", enfatiza ele.

 O sociólogo faz referência às meninas que procuram se relacionar com homens mais velhos. É praticamente consenso entre especialistas que estudam estes casos que esse tipo de relação é mais problemático e difícil, pois as principais consequências do casamento infantil resultam em uma gravidez precoce, no abandono escolar e nas desigualdades de gênero. As adolescentes também sofrem com a responsabilidade do trabalho doméstico, com a entrada tardia no mercado de trabalho, e com a violência doméstica.

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU) os meninos também se casam antes da idade adulta , no mundo mais 110 milhões de homens se casaram antes dos 15 anos de idade.


Fonte:

Deixe seu comentário