Portal da Cidade Lucas do Rio Verde

Lucas do Rio Verde

72 horas desaparecido! O que realmente teria acontecido com o pequeno Heitor?

A criança desapareceu no dia 24 e foi encontrada neste domingo (27) com alguns arranhões, mas estava consciente

Postado em 28/12/2020 às 08:52 |

A criança foi localizada com vida cerca de 1.500 metros da residência de onde desapareceu. (Foto: Reprodução)

O desaparecimento do menino Heitor Maciel dos Santos comoveu a população luverdense e virou notícia nos principais jornais em rede nacional.

A criança de apenas 02 anos e oito meses, desapareceu da residência de familiares, no dia 24 de dezembro, por volta das 14 horas, conforme relato da família.

Heitor estava dormindo, o pai e a mãe estavam com o menino, porém, após uma queda de energia, os pais se distanciaram da criança por alguns minutos, momento este em que a criança desapareceu.

Profissionais da segurança, familiares e moradores se uniram nas buscas, e após 72 horas, terminou a angústia da família Souza Santos. O menino foi encontrado com vida no aterro sanitário localizado às margens da MT 449, próximo do local onde desapareceu na tarde de quinta-feira (24).



O encontro

O garoto foi encontrado sentado em uma cadeira e aparentava tranquilidade. Os bombeiros chegaram ao local após receberem uma chamada anônima informando sobre a presença do garoto no aterro sanitário. Os militares haviam passado pelo local pela manhã, com a presença do cão Lucky, treinado para encontrar pessoas em ambiente aberto e não tinha ninguém no local.

Assim que localizado, o garoto recebeu os primeiros atendimentos do Corpo de Bombeiros e foi encaminhado para o Hospital São Lucas. A chegada de Heitor à unidade médica foi cercada de emoção. Populares foram ao local, assim como os familiares. A emoção do encontro marcou o momento.


Suspeita ou um Milagre

Os bombeiros observaram que Heitor apresentava pequenos arranhões, assadura nas pernas, mas demonstrava estar tranquilo, uma situação que contraria a condição de quem teria passado três dias naquela região. Por esse motivo, acreditam que o menino possa ter sido levado ao local por eventual raptor que poderia ter ficado atemorizado pela repercussão do caso que continua a ser investigado pela Polícia Civil.

Com relação a hipótese de que Heitor realmente esteve sozinho e por ter sobrevivido todas essas horas sem água e sem comida, enfrentando dias chuvosos, em meio a mata, profissionais ressaltam que pode ter sido um "milagre".


Fonte:

Receba as notícias de Lucas do Rio Verde no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário