Portal da Cidade Lucas do Rio Verde

GOLPE

Grupo de mulheres é preso acusado de golpe usando nome de Prefeitura

Material apresentado usava logomarca do poder executivo de Sorriso. Grupo também teria passado por Lucas do Rio Verde e outras cidades do Estado

Postado em 23/11/2020 às 08:43 |

Golpe foi descoberto quando vítimas estranharam a conduta das mulheres e acionaram a Polícia Militar (Foto: Portal da Cidade)

Quatro mulheres foram presas no fim de semana em Sorriso acusadas de aplicarem golpes em clientes de comércio no município. Elas usavam nome e materiais timbrados com a logomarca da Prefeitura local. As informações são de que essas mulheres teriam também passado por outras cidades aplicando o mesmo golpe, inclusive em Lucas do Rio Verde. 

De acordo com a Polícia Militar de Sorriso, as quatro mulheres estavam próximas a um supermercado, na área central, abordando pessoas pedindo apoio para uma campanha que buscava arrecadar alimento e recursos financeiros para ações em parceria com o Poder Público. Algumas pessoas estranharam a ausência de representantes da Prefeitura no ato e pediram apoio policial.

Durante a abordagem, os policiais questionaram sobre a destinação dos alimentos e materiais arrecadados. As mulheres não souberam dar detalhes o que levou os policiais a aprofundarem a checagem nos materiais apreendidos. De acordo com a Polícia Militar, em poucos dias foram arrecadados em dinheiro, por meio de cartão de débito e crédito, mais de R$ 30 mil, além de outros contratos parcelados em 10 ou 12 vezes no cartão.

Aos policiais, as mulheres alegaram que teriam sido contratadas para realizar a arrecadação, recebendo uma diária e percentual do valor arrecadado. Porém, elas não deram detalhes sobre os contratantes.

No hotel onde elas estariam hospedadas, os policiais encontraram o companheiro de uma delas, que permitiu a vistoria no quarto. Foram encontrados outros materiais que detalhem, inclusive, os valores arrecadados pelas cidades onde o grupo passou, inclusive de Mato Grosso do Sul.

A Polícia Militar acredita que a arrecadação de alimentos era feita por fachada, já que o objetivo do golpe seria a arrecadação financeira.

Fonte:

Receba as notícias de Lucas do Rio Verde no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário