Portal da Cidade Lucas do Rio Verde

RACISMO

Senegalês é vítima de injúria racial e é ameaçado de morte em Lucas do Rio Verde

Vítima estava vendendo relógios em comércio e foi ameaçada após abordagem ao suspeito

Postado em 21/02/2020 às 09:44 |

Suspeito agrediu fisicamente a vítima (Foto: Reprodução)

Um senegalês, nome e idade não informados pela Polícia Militar, foi alvo de racismo em Lucas do Rio Verde. O homem trabalha vendendo relógios e pulseiras e visitava um estabelecimento no centro da cidade onde aconteceu o episódio. 

De acordo com a vítima, após pedir autorização ao dono do estabelecimento, ele visitou os clientes nas mesas. Em uma delas, havia uma família fazendo sua refeição. O homem (nome e idade não informados pela Polícia Militar) xingou o imigrante, chamando-o de ‘preto’ e ‘vagabundo’, dizendo que ele não deveria estar negociando os produtos naquele local.

Ao ser informado que o imigrante tinha autorização para fazer o comércio de relógios, o homem deu um soco na vítima e pegou uma faca na tentativa de golpear o senegalês, que empreendeu fuga.

O agressor, ainda exaltado, continuou a proferir palavras de baixo calão ao imigrante, mesmo diante dos policiais militares, que foram atender a ocorrência e também se tornaram alvo do suspeito. Ele xingou os policiais, dizendo que deveriam protegê-lo, juntamente com sua família, que são brasileiros, e não o imigrante, que deveria morrer.

Mesmo dentro da viatura, o homem continuou agressivo e se debatendo, provocando um ferimento no nariz. O suspeito, que disse ser pioneiro em Lucas do Rio Verde, afirmou que contrataria advogados para defendê-lo. Ele foi detido e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil, ficando a disposição da Justiça.

Fonte:

Deixe seu comentário