Portal da Cidade Lucas do Rio Verde

Informativo

Mato Grosso participará do teste de integridade da urna com biometria

Projeto-piloto realizado pelo TSE é mais um instrumento de transparência das eleições

Publicado em 20/09/2022 às 09:08

(Foto: Divulgação)

Mato Grosso é um dos estados contemplados para a realização do teste de integridade das urnas eletrônicas das Eleições 2022 com uso de biometria. Após votar, no dia 02 de outubro, primeiro turno, o eleitor será convidado a participar do teste, que ocorrerá no mesmo momento da auditoria da votação eletrônica. Duas das 20 urnas eletrônicas que serão auditadas passarão pelo teste com biometria.

Este ano, a auditoria será realizada das 7h às 16h, na Faculdade de Tecnologia (FATEC) do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI-MT), que fica na Av. XV de Novembro, n° 303, bairro Porto, em Cuiabá. No local, também funcionam seções eleitorais, nas quais os eleitores serão convidados a participar do teste de integridade com biometria.

A participação é facultativa. Caso aceite, o eleitor apenas irá habilitar o voto, por meio da identificação biométrica. O voto será feito pela Comissão de Auditoria, de acordo com cédulas de votação previamente preenchidas, para fins de análise de comportamento do equipamento. É importante frisar que o eleitor não irá votar duas vezes.

O projeto-piloto foi instituído pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em atendimento à demanda apresentada pelo Ministério da Defesa.

Uma simulação do teste foi realizada pelo TSE, nesta quinta-feira (15.09), com a participação do presidente da Corte, ministro Alexandre de Moraes, e demais ministros do TSE, entre outras autoridades, além da imprensa.

Este ano, serão testadas 641 urnas em todo o Brasil. No projeto-piloto com biometria, o eleitor vai liberar a urna com sua biometria.

As urnas que vão participar dos testes estão espalhadas por todas as 27 Unidades da Federação e serão escolhidas por sorteio aleatório. Desse total, serão testadas 56 urnas com a novidade, o que significa um percentual de 8,74% do total. Na resolução aprovada em Plenário na última terça-feira (13.09), a previsão era de no mínimo cinco estados e o Distrito Federal e um percentual entre 5% e 10% das 641 urnas testadas em todo o Brasil. A iniciativa com biometria em nada muda o Calendário Eleitoral.

Foram selecionados 19 estados que apresentaram condições técnicas e logísticas para o uso da biometria nos testes. Além de Mato Grosso, o projeto-piloto ocorrerá nos estados de Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins.

 

Fonte:

Receba as notícias de Lucas do Rio Verde no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário