Portal da Cidade Lucas do Rio Verde

DATA PROVÁVEL

TRE-MT divulga provável data para eleição suplementar ao Senado Federal

Caso proposta seja aceita, partidos terão até o dia 12 de março para indicarem seus candidatos. Campanha começa no dia 18 de março.

Postado em 07/01/2020 às 17:12 |

TRE-MT já tem uma data estimada para a realização das eleições suplementares ao Senado Federal por Mato Grosso (Foto: Reprodução)

O TRE-MT – Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso já tem uma provável data para a eleição suplementar que definirá o nome que substituirá Selma Arruda em uma das cadeiras do estado no Senado Federal. A proposta de que o escrutínio ocorra no próximo dia 26 de abril (domingo) será apresentada ao Plenário do Tribunal na primeira sessão após o recesso da Côrte, no dia 22 próximo (quarta-feira).

Caso a proposta seja aprovada, a eleição ocorrerá um ano após a cassação da senadora pelo próprio TRE, que acolheu a denúncia de abuso de poder econômico e existência de Caixa 2 durante a campanha da ex-juíza, nas eleições de outubro de 2018. Na ocasião, Selma Arruda foi a segunda candidata escolhida para o Senado Federal, somando 678.542 votos.

Definida a data, os partidos terão até o dia 12 de março para realizar suas convenções e indicarem as chapas que concorrerão ao pleito, com um candidato e outros dois suplentes. A propaganda eleitoral será permitida a partir do dia 18 de março. Os eleitos serão diplomados, segundo este cronograma, no dia 21 de maio, na sede do Tribunal, em Cuiabá.

Segundo estimativas do próprio TRE, as eleições para a escola da nova chapa para ocupar o lugar de Selma Arruda no Senado Federal custará aos cofres públicos a quantia aproximada de R$ 9 milhões. Os custos desta nova eleição, segundo o Desembargador Roberto Girardelli, poderão ser cobrados da senadora cassada.


Fonte:

Deixe seu comentário