Portal da Cidade Lucas do Rio Verde

NADA DE ACORDO

Vereadores da base de Lucas do Rio Verde questionam pauta trancada

Parlamentares alinhados ao Executivo usam a tribuna da Casa para questionar ato e pedir diálogo entre os dois Poderes.

Postado em 15/10/2019 às 07:06 |

Uma semana após o trancamento da pauta para projetos do Executivo, Mesa Diretora do Legislativo de Lucas do Rio Verde mantém veto (Foto: José Boas/Portal da Cidade)

Após a decisão tomada pela Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Lucas do Rio Verde em trancar a pauta da Casa para todos os projetos de Lei e propostas encaminhadas pelo Executivo da cidade, conforme noticiado na semana passada pelo Portal da Cidade em primeira mão, dois parlamentares interpelaram na noite desta segunda-feira (14) o presidente Dirceu Cosma (PV) pela medida.

Equilíbrio

O primeiro a questionar foi Marcos Paulista (PTB). De acordo com ele, “é uma questão de equilíbrio procurar sanar este problema o quanto antes. Não é admissível que as instituições municipais deixem de dialogar por conta de questões que nem sempre são tão relevantes assim; da mesma forma, é importante que cada uma das partes seja capaz de reconhecer que houve erros e que são necessários ajustes, mas estas ponderações somente serão possíveis se as duas partes cederem e resolverem sentar para um diálogo sério, olhando nos olhos, e pensando no bem da coletividade”.

Como a Ema

Da tribuna do Plenário, o vereador Roberto Barra também seguiu a mesma linha e questionou a atitude da presidência: “senhor presidente, é urgente que esta questão seja resolvida. Não sou advogado de ninguém, mas temos que reconhecer que, sim, esta Casa deixou a desejar em alguns quesitos que poderiam ser votados com maior agilidade, e isso dá razão ao prefeito Luiz Binotti! O que não pode haver, sob meu ponto de vista, é a manutenção desta queda de braços, separando o mundo entre o ‘nós e eles’ enquanto propostas relevantes deixam de ser analisadas [...] Lucas do Rio verde precisa fazer valer o exemplo de sua ave-símbolo, a ema, que caminha a passos largos rumo ao futuro”.

Não somos chanceladores

Em resposta a ambos, o presidentes Cosma disse que a Câmara precisa mostrar sua independência e que a reclamação da Prefeitura sobre a demora na tramitação de alguns projetos é desmedida e injusta. Segundo ele, “todos os projetos encaminhados a esta Casa, ao longo de toda a gestão Binotti, foram avaliados e votados em tempo hábil. Há matérias, inclusive, que este ano receberam tratamento mais célere do que nos anos anteriores, como foi o caso da cesta de natal para os servidores públicos [...] o que não pode haver, e é por isso que exigimos retratação, é o desrespeito ao Legislativo, achando que somos meros chanceladores das vontades do Gabinete do prefeito e que votemos suas medidas sem o mínimo critério”.

Sem acordo, a pauta para os projetos encaminhados pelo Poder Executivo continuam sem entrar na pauta de votação da Câmara por tempo indeterminado.


Fonte:

Receba as notícias de Lucas do Rio Verde no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário