Portal da Cidade Lucas do Rio Verde

COOPERAÇÃO

Municípios do Vale do Teles Pires planejam Agência de desenvolvimento regional

Organização teria caráter técnico e seria responsável por desenvolver soluções integradas para problemas da região

Postado em 22/02/2019 às 18:22 |

Proposta é criar Agência que levante dados, diagnostique problemas e aponte soluções integradas entre os municípios da região (Foto: Reprodução)

Após a realização, no segundo semestre do ano passado, de um ciclo de palestras e debates promovido com o apoio do SEBRAE – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – lideranças políticas e econômicas dos municípios que integram o Vale do Teles Pires agora se preparam para dar mais um passo rumo ao trabalho cooperado para o desenvolvimento regional.

A proposta é pela criação da Agência Líder, entidade voltada ao levantamento de dados, reconhecimento de demandas e apontamento de soluções para os principais setores sociais e financeiros dos 16 municípios que fazem parte da área de interesse geoestratégico.

A proposta de criação da Agência já foi apresentada, inclusive, ao vice-presidente da República, General Hamilton Mourão, e ao governador de Mato Grosso, Mauro Mendes, durante sua visita a Sorriso durante a semana passada. Ambos se disseram apoiadores da ideia e muito interessados em programas de fomento ao desenvolvimento regional.

Em entrevista concedida ao Portal da Cidade pelo secretário de Desenvolvimento Econômico de Lucas do Rio Verde, João Pagotto, na tarde de hoje, foi possível apurar que as tratativas pela criação da agência têm avançado dentro dos principais canais de tomada de decisão dos municípios envolvidos. Segundo ele, “há o entendimento, por parte de todos, que a busca por soluções integradas é mais vantajosa e muito mais eficiente, porque fortalece a ideia e estabelece laços de representatividade mais fortes com as outras esferas de governo, tanto em nível estadual quanto federal”.

PRÓXIMOS PASSOS – Após o primeiro encontro, realizado em Sorriso, ficou marcado uma nova rodada de debates para o próximo mês de maio, a ser realizado em Lucas do Rio Verde, em local e data ainda a serem decididos. No entanto, adianta Pagotto, as tratativas caminham para um arranjo bastante positivo até o final do ano.

“Embora os acertos ainda estejam em sua fase inicial, é de consenso que tenhamos um instrumento desta natureza para buscarmos soluções integradas para nossa região. Temos questões fundiárias sérias que precisam se solução, problemas com logística, precisamos buscar melhor interlocução com Cuiabá e Brasília, principalmente no tocante aos ramos econômicos regionais (...) enfim, temos os problemas à nossa frente e, unidos, fica mais fácil encontrarmos as soluções”, concluiu.

Fonte:

Deixe seu comentário