Portal da Cidade Lucas do Rio Verde

PRIORIDADES

Lucas do Rio Verde e outras 9 cidades não usam dinheiro público no carnaval 2019

Dinheiro para custear o carnaval será usado para financiar cirurgias e consultas em mil pacientes que aguardam na fila em Lucas do Rio Verde

Postado em 05/03/2019 às 13:24 |

Prefeituras alegam que, com dinheiro poupado, municípios poderão investir em áreas prioritárias, como saúde e educação (Foto: Reprodução)

Além de Lucas do Rio Verde, ao menos 9 outros municípios mato-grossenses não usaram dinheiro público para financiar festas no carnaval de 2019. A opção por não custear folias tem como argumento comum o alto custo dos bailes e a priorização de outras áreas da administração, principalmente saúde e educação.

Cuiabá, Sinop, Sorriso, Nova Mutum, Tangará da Serra, Juara, Alta Floresta e Nossa Senhora do Livramento, além de Lucas do Rio Verde, compõem a lista de cidades que aderiram à proposta do Ministério Público de Contas de não aplicar recursos públicos em atividades ligadas ao carnaval deste ano.

Em carta aos 141 municípios do estado, o MPC lembra que a Lei Orçamentária Anual – LOA – de Mato Grosso opera com um déficit estimado de R$ 1,7 bilhão para o exercício 2019. Além disso, cita o documento, somente em 42 municípios, os custos com o carnaval de 2018 somaram aproximadamente R$ 2 milhões.

LUCAS DO RIO VERDE – Em Lucas do Rio Verde o prefeito Luiz Binotti (PSD) fez o anúncio ainda no final de janeiro (leia matéria aqui). À época, o prefeito argumentou que embora o município reconheça o carnaval como parte das manifestações culturais de muitas pessoas que moram na cidade, “optamos por destinar os recursos para outras áreas, principalmente o setor da saúde”.

Poucos dias depois, conforme noticiou o Portal da Cidade, os recursos públicos que seriam destinados para o carnaval, foram realocados no orçamento da Secretaria de Saúde e custearão cirurgias vasculares e oftalmológicas do município (leia matéria aqui).

Fonte:

Deixe seu comentário